Frei Slavko Barbaric



Dr. P. Slavko Barbaric, OFM
IN MEMORIAM

Curriculum Vitae


P. Slavko Barbaric faleceu no dia 24 de novembro de 2000 às 15:30.  Após terminar a subida da Via Sacra no Krizevac, que conduzia toda sexta-feira junto com peregrinos e fieis,  sentiu dores, sentou-se em uma pedra, em seguida caiu deitado, perdeu a consciência e entregou sua alma para o Senhor. 

 

P. Slavko nasceu em 11 de março de 1946, filho de Marko e Luce Stojic, nascido em Dragicina (Paróquia de Cerin). Frequentou a escola primária em Cerin e depois foi para o ginásio em Dubrovnik. Ele entrou na ordem franciscana, em Humac,  em 14 de julho de 1965.  Fez os votos no dia 17 setembro de 1971 e foi ordenado sacerdote em 19 de dezembro de 1971. Estudou em Sarajevo, Graz e Freiburg. Ele completou seus estudos em Graz (Áustria) onde concluiu mestrado. Após cinco anos de atividade pastoral, na província de Herzegovina, na paróquia de Capljina, em 1978,  decidiu continuar seus estudos em Freiburg, onde, em 1982, concluiu seu doutorado em pedagogia religiosa e o título de psicoterapeuta .

 

Trabalhou em Capljina como sacerdote - franciscano de 1973 a 1978. Da primavera de 1982 até setembro de 1984  trabalhou como catequista.  Em Mostar, liderou seminários para a oração no mosteiro de freiras em Bijelo Polje, perto de Mostar. Graças ao trabalho frutífero com os jovens e os retiros realizados pelos alunos, as autoridades comunistas no poder naquele tempo o perseguiam. Naqueles momentos o difíceis, o Cardeal Franjo Kuharic protegeu em suas atividades o Frei. Slvako Barbaric..

 

Graças ao seu conhecimento dos principais idiomas europeus e compromissos nas paróquias onde trabalhou P. Slavko trabalhou incansavelmente com os peregrinos em Medjugorje, desde quando ele terminou seus estudos em 1982.  Foi oficialmente transferido para Medjugorje em 1983 a pedido do Bispo Zanic. Em 1985  foi transferido para a paróquia de Blagaj, em 1988 para Humac, onde atuou como capelão e professor auxiliar dos seminaristas. 

No início da guerra na Bósnia - Herzegovina, quando todos os frades idosos se refugiaram em Tucepi, com a autorização verbal do frei Drago Tolj, então provincial, P. Slavko permaneceu em Medjugorje.  

 

Desde o início de suas atividades em Medjugorje, ele se dedicou a literatura, escrevendo livros de conteúdo espiritual: "Rezem com o Coração"; "Dá-me o teu Coração Ferido"; "Celebrar a Missa com o Coração"; "Na Escola de amor”; "Adore o Meu Filho com o Coração"; "Com Jesus e Maria do Calvário à Ressurreição”; "Rezar juntos com um Coração Alegre”; "Mãe, leva-nos a paz"; "Siga-me com o coração"; "Entrevistas" e "Jejuem com o Coração”, que será publicado nos próximos dias. Os livros de P. Slavko Barbaric foram traduzidos para vinte línguas, com mais de 20 milhões de cópias vendidas no mundo inteiro. Além dos livros, ele publicou artigos em várias revistas.  Criou o Boletim de Sao Francisco, em Capljina, colaborou  com "Krsni Zavicaj", "Glas mira"  e com a estação de rádio "Mir" Medjugorje . 

 


Além de escrever, conversava incessantemente com os peregrinos, conduzia as celebrações Eucarísticas, a veneração da Santa Cruz, o rosário na colina das aparições e a Via Sacra no Krizevac, onde ele terminou sua vida terrena. Todo o ano organizava reuniões especiais com os sacerdotes e jovens e, na casa provincial de oração "Domus Pacis", realizado seminários de jejum e oração. Devido  as grandes destruições durante a guerra, ele fundou e liderou a associação de educação e formação "Aldeia Mãe", em que mais de 60 pessoas vivem atualmente (órfãos de guerra, crianças de famílias destruídas, mães solteiras, idosos abandonados e crianças doentes). Se houve um homem que sabia amar as crianças, este era o Padre Slavko. E as crianças o amavam também: elas sempre se reuniram em torno dele e ele sabia sempre como as acolher - assim como Jesus! Sua formação psicoterapêutica e em educação lhe permitiu trabalhar com viciados em drogas na Comunidade do Cenacolo, fundada pela Irmã Elvira, e especialmente em sua casa em Medjugorje, “Campo della vita". . Ele havia se comprometido a usar a ajuda recebida do mundo inteiro para criar dois fundos: um para a "Fundação para a Filhos dos defensores que morreram na guerra da libertação da pátria " e  outro para "amigos do Fundo de Jovens com Talentos" para auxiliar  jovens estudantes.

 

É difícil destacar algo em particular, na vida deste grande homem, mas se tivéssemos que fazer isso seria certamente o período de sua vida que  passou aqui. P. Slavko viajou o mundo inteiro difundindo a mensagem de Paz e reconciliação. Era  alma e o coração do movimento pela paz nascido em Medjugorje dezenove anos e meio atrás. Ele tinha dons maravilhosos: o conhecimento de idiomas, facilidade de comunicação com as pessoas,  formação, a simplicidade, o cuidado e a preocupação com os mais necessitados, energia inesgotável que era impossível acreditar que um homem pudesse ter, diligência e, sobretudo, devoção, humildade e amor. Foi de fato esta, a essência de sua vida: através da oração e jejum levar as almas humanas para alcançar a Deus através de Maria,  a Rainha da Paz.

 

Viver ao lado dele era às vezes irreal, ou seja, ele estava aqui  neste mundo, mas ao mesmo tempo, fora dele. Em sua presença, as palavras de Jesus se transformavam em realidade: "... Eles não são do mundo, assim como eu não sou do mundo. Santifica-os na verdade, a tua palavra é a verdade. Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviarei ao mundo.  E por eles eu me santifico, para que também eles sejam santificados na verdade." (Jo 17, 16-19).

 

Ele foi sepultado no cemitério "Kovačica" de Medjugorje, no domingo, dia 26 de novembro de 2000, logo após a celebração da Santa Missa,  na igreja de São Thiago Maior, às 14:00. 


voltar

 

Buscar  
Em    
 
 
 
 
 
 
Digite seu e-mail abaixo para receber nossas atualizações.
 
 
Eventos no Brasil
Eventos em Portugal
 
 

Testemunho de Maria Auxiliadora Almeida Castro - Montes Claros - MG

MEDJUGORJE - Pedacinho da Bósnia-Herzegovina onde o Céu toca a Terra, cravejado entre duas montanhas Solo sagrado, que há 35 anos recebe as aparições de Nossa Senhora Rainha da Paz.

Testemunho de Frei Marino Kuzminski

Lembro-me muito bem da minha primeira vinda aqui. Eu tinha vindo em uma peregrinação com a minha paróquia de Koprivnice, e eu era o peregrino mais jovem do grupo.Foi uma experiência ....

Testemunho de Sr. Edmar Neves

Domingo, dia 12 de junho de 2016, experimentei momentos de profunda espiritualidade, no retiro conduzido...

Ver Mais Testemunhos
Envie seu Testemunho
 
  Siga-nos Facebook Facebook  
 
© 2017 medjugorje.org.br | medjugorje.org.pt - Site melhor visualizado em Internet Explorer 8 - 1024x768 px ou superior.
Astec Web - Criação de Sites e Lojas Virtuais